segunda-feira, julho 19, 2010

Ensemble...e a pura dialética.

Dialética

Ele adora computadores
Eu adoro animais
Ele adora pasteis de feira aos domingos
Eu adoro pão de queijo com café
Ele adora cerveja
Eu adoro vinho
Eu adoro girassóis e cinema
Ele adora o concreto e a pragmática
Ele é distância
Eu quero estar por perto
Ele é a sensatez
Eu sou o incerto e a loucura
Ele é limites
Eu sou olhares
Ele é a coerência
Eu sou a pura incoerência
Ele é a direita
Eu sou a esquerda
Ele é vinho bom e caro
Eu sou vinho ruim e barato
Ele é o inicio do movimento
Eu sou o final
Ele é amanhã
Eu sou o agora
Ele me quer
Eu sou ele.

Ensemble - Jean-Jacques Goldman

Souviens-toi
Etait-ce mai, novembre
Ici ou là ?
Etait-ce un lundi ?
Je ne me souviens que d'un mur immense
Mais nous étions ensemble
Ensemble, nous l'avons franchi
Souviens-toi

Reviens-moi
De tes voyages si loin
Reviens-moi
Tout s'ajoute à ma vie
J'ai besoin de nos chemins qui se croisent
Quand le temps nous rassemble
Ensemble, tout est plus joli.

Ensemble...

Je ne me souviens que d'un mur immense
Mais nous étions ensemble
Ensemble, nous l'avons franchi
Souviens-toi

Ensemble, nous l'avons franchi
Ensemble, nous l'avons franchi

TRILHA SONORA DO DIA - ENSEMBLE - Jean-Jacques Goldman -

3 comentários:

WiLL disse...

nossaaaa
q moça poética
inspirada
q moça q não é ela, q é ele!
q moça do olhar infinito, sem limites...
incerta e louca? quem não é? hehehe
te adoro
bjokas

alex disse...

Oi linda,
Quanta inspiração, adorei!
Muito bom como sempre, adoro seu blog.

beijos!

Anônimo disse...

Dani,


Qta sensibilidade. Q poema lindo! Lindo como vc!
Adorei a canção...juntos e a dialética foi perfeito. Vc é adorável!
bjo do Júnior