quarta-feira, outubro 12, 2011

12 de Outubro e alguns minicontos sobre crianças, corrupção e nossa senhora aparecida


- Meu bem, hoje é dia da marcha contra a corrupção em todo Brasil.  Chame as crianças para irmos todos participar. A propósito,  vou deu a gorjeta para o gari limpar melhor nossa calçada e em frente da nossa casa?
 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Todo domingo ia às missas matinais. Sempre na primeira fileira. Rezava e sabia a missa décor ( não no coração, mas no automático). Ajoelhava-se como quem pedia redenção para todos os pecados. Era admirado pela comunidade por sua fé e castidade( mesmo sem ser padre). Olhou para a amiga também carola e disse:
- Quem é aquele coroinha novo?
 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
A patroa olha a empregada com descaso e diz:
- Maria,  há umas roupas usadas lá no quarto e uns brinquedo, todos em boas condições, viu? Pegue e leve para seus filhos. A moça cansada sorriu e agradeceu.
A patroa olha-se  no espelho, reza  e diz:  
- Vamos aos fogos do meio dia. Já fiz minha caridade.
---------------------------------------------------------------------------------------------------------- -------------------
- Mãe, quem é aquele moço distribuindo presentes?
- É um homem bom. Ele lembrou-se da gente.
-Homem bom distribui presentes?
- Sim.
O garoto olha inquieto para mim e diz:
- Achei que homens bons distribuíssem amor.
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

-Acabei de chegar da Marcha da Corrupção.  Só gente honesta e incorruptível.
- Que bom! O João passou mal, mas no hospital, mesmo particular, está demorando para atender.
- Ah! Com uma ligação resolvo o problema. Meu filho não espera. Disse ele aos berros e caminhando para o telefone. 
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Duas meninas de 8 anos conversando e brincando, uma pergunta para outra:
- Para que serve dia das crianças?
- Para gente ganhar presente, ué.
-Mas e quando a gente ganha atenção?
 ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
- Este governo é corrupto.
- Mas o que é um governo corrupto? Indaga a moça.
- Rouba nosso dinheiro. Diz ele sem muito querer argumentar. E repete compulsivamente: Todos são corruptos.
- Inclusive você, afinal você  já fez parte deste governo.
 -----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Duas senhoras sentadas num café conversando. E uma garotinha de rua de aproximadamente 8 anos fitando-as.
- Criança abandonada é triste, né?
- É. Não tem o  que comer. E a mesa das duas fartas.
A criança olha de longe tanta comida, coisa que nunca viu na vida. E diz:
- Licença, mas as senhoras poderiam me dar um pedacinho?
As senhoras sorriem e dizem:
-Claro. Tome, mas coma lá do outro lado da rua, ta?
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
O menino pediu uma bicicleta de presente no dia das crianças. A mãe sacrificou-se e comprou uma em 10 prestações. Ela presenteia o garoto e ele aos berros diz:
-Não era essa, sua tonta. Era azul. 
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
O pai leva a filha para a igreja e explica que hoje é dia de nossa senhora aparecida – padroeira do Brasil - também, além dos dias da criança. A filha sorri e diz:
- Ah! Ela também protege as crianças. Mas todas?
- Sim, mas em especial quem crê nela e crianças privilegiadas e especiais como você. A menina sorri e diz com cara de assustada:
- Pai, a santa é negra!


Ps: Não, eu não sou acida. Sou apenas realista. Cenas que, infelizmente, presenciamos diariamente. 

Nota lingüística: Não utilizarei letras maiúsculas para representar nome de santo, porque aqui a relação é horizontal.

2 comentários:

WiLL disse...

Hum, nada como o jeitinho brasileiro, não?! Os outros são corruptos, mas quando queremos dar um jeitinho, a hipocrisia reina e fingimos que é normal.
Sua lucidez é de doer, porque pensar e ter consciência sempre doem.
bjos

Felipe Braga disse...

Não é ácida. É de um inteligência fina, que capta gestos, pensamentos...

Eu tenho medo desses atos contra a corrupção, sabia? Principalmente como esse de hoje, que não pauta nada. Esse discurso já deu base a um golpe militar no Brasil. Tenso...

Beijos, Daniela. Bom te conhecer.