sábado, agosto 28, 2010

EU QUERO...

Eu não quero mais tentar ser madura.
Eu quero conseguir dizer as coisas boas que eu sinto, no exato momento em que sinto.
Eu quero fazer um macarrão ao sugo para dividir com “ele” numa noite legal tomando um vinho barato. E depois, dar uns beijos loucos na boca.
Eu não quero mais procurar lógica em coisas do coração. Porque coisas do coração são ilógicas mesmo. E, aliás, eu quero que elas sejam ilógicas para sempre.
Porque eu quero sentir muito mais vezes uma coisa boa secreta morando dentro de mim.
Eu quero comer chocolatinhos sem culpa.
Eu quero que faça um inverno muito rigoroso sem que a bronquite me pegue.
Eu quero tocar uma música pra “ele”.
Eu não quero ser grossa. Mas às vezes eu perco o controle.
Eu quero esmaltes que não descasquem.
Eu quero “ele” de camisa AMARELA.
Eu quero tomar um porre que não dê ressaca, e de preferência, que seja de vinho ruim e barato.
Eu quero voltar no tempo. Mas só um pouquinho.
Eu quero que os meus dias sejam IMPRESSIONISTAS.
Eu quero avançar no tempo. Mas só um pouquinho.
Eu quero óculos auto-limpantes.
Eu quero compartilhar meu ovomaltine com “ele”
Eu quero muito uma pessoa que anda de bicicleta.
Eu quero todo o vermelho do mundo p mim.
Eu quero toda a esquerda permanecer.
Eu quero todo o ativismo dele.
Eu quero encontrar notas de dez reais perdidas no bolso de cada calça/casaco que há no meu armário.
Eu quero encontrar pessoas de corAção.
Eu quero que “ele” me faça cafuné e me conte histórias antes de dormir.
Eu quero ganhar um Alpino.
Eu quero fazer brigadeiro com “ele” p comer de colher.
Eu quero encontrá-lo na rodoviária.
Eu quero emprestar minha escova de dente para “ele”
Eu quero que “ele” me dê bronca por eu abusar/usar do açúcar.
Eu quero que “ele” cuide de mim.
Eu quero mais MÚSICA na minha vida.
Eu quero que a última música que toque seja sempre ONE do U2.
Eu quero que ele termine a noite cantando: “we get to carry each other, carry each other.”
Eu quero capuccino e pão de queijo com ele.
Eu quero tomar café em companhia legal pelo menos uma vez por semana.
Eu quero ir no cinema todo santo dia.
Eu quero poder ter mais dinheiro pra ajudar as pessoas.
Eu quero conhecer o mundo.
Eu quero caminhar 400km com “ele” de mãos dadas.
Eu quero mais conhecimento e sensibilidade.
Eu quero que “ele” roube um girassol para mim.
Eu quero que meu cachorro nunca morra.
Eu quero mais dias frios, azuis e românticos.
Eu quero saltar do abismo.
Eu quero uma casa no campo e muitos cachorros.
Eu quero desvendar o mundo com “ele”.
Eu quero que “ele” me mate de amor e de tanto amar. 


 
ONE - U2

Is it getting better?
Or do you feel the same?
Will it make it easier on you now?
You got someone to blame

You say one love, one life
It's one need in the night
One love, we get to share it
Leaves you, darling, if you don't care for it.

Did I disappoint you?
Or leave a bad taste in your mouth?
You act like you never had love
And you want me to go without

Well, it's too late, tonight,
To drag the past out into the light
We're one, but we're not the same
We get to carry each other, carry each other
One

Have you come here for forgiveness?
Have you come to raise the dead?
Have you come here to play Jesus
to the lepers in your head?

Did I ask too much, more than a lot?
You gave me nothing, now it's all I got
We're one, but we're not the same.
Well, we hurt each other, then we do it again.

You say:
Love is a temple, love a higher law
Love is a temple, love the higher law
You ask me to enter, but then you make me crawl
And I can't keep holding on to what you got
When all you got is hurt.

One love, one blood
One life you got to do what you should.
One life with each other: sisters, brothers.

8 comentários:

Anônimo disse...

Nossa! Quanto querer. Seu blog é pura literatura em forma de amor.
O seu querer é o meu querer agora.
Vc é muito linda!
Rogério

Camila Custodio disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Camila Custodio disse...

Ser intensa tem lá seus dias de descrença, mas são raros. Na maioria, rosas e girassóis como nós, fazem a diferença com essa mania de querer e querer...engolir o mundo em apenas um segundo.
De amar até que tudo parta e até que o sentido se parta ao meio. Meia-esperança, meio-sorriso, meio-vivido é que não combina com mulheres como nós.
Intensas e tremendamente serenas, se assim é possível.

Muita intensidade para nós.
Beijos

Anônimo disse...

Senhorita Dani,

Eu a vi hoje no Espetinho bebendo uma cerva com uma amiga. Vc tá cada dia mais linda e mais novinha. Como pode isso? É o vinho? rs Vou começar beber vinho contigo. rs
Seu texto me emocionou, eu gostaria de uma intensidade dessa na minha vida. A senhorita quer tanto que chega doer. Mas, quer só coisas lindas. Adorei o texto.
bjo do Júnior ( seu leitor número 1)

Moabe disse...

Querer é o primeiro passo para o realizar. A vida ficaria mesmo muito melhor se a vivercemos intensamente, sem frescura, sem pausas,sem pontos. Só faltou você querer uma coisa: que seu porre não mate seu novo note...rsrs.

Anônimo disse...

Este texto deixou-me sem ar, diante de tanto querer. Como disseram num comentário acima um querer belo, doce, meigo que emociona.
One sempre a última música.
Virei seu leitor eadmirador.

Qta docura numa só pessoa, hein? Tô te seguindo no twitter e agora aqui.

João

pedalante disse...

Queremos

- e aí, vai voltar pra SP?
- não...
- Gosta mais de Marília, né?
- que nada, AMO e quero a cidadã Daniela

WiLL disse...

Eu quero q vc não deixe nunca de amar. Eu quero q vc não deixa jamais de escrever. Eu qro t ler pra sempre, pelo menos uma vez por semana. Eu qro saber onde te achar. Eu qro saber td dele. Eu qro poder estar do seu lado quando arrumar um novo cachorrinho. Eu quero vc pra sempre como minha amiga. (sua poesia continua linda...)
bjokas