quinta-feira, janeiro 06, 2011

Direitos Humanos não se negociam e ponto!

Não havia lido o discurso de posse da ministra-professora –chefe da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República – Maria do Rosário – e ontem decidi lê-lo, já que direitos humanos é um assunto que me desperta interesse e anseio de lutar por um mundo mais justo/igualitário para tod@s. Após a (re)leitura do texto, confesso-me emocionada e esperançosa diante as belíssimas palavras da ministra, as quais quero compartilhar neste blog.

Segundo, Rosário “ direitos humanos não estão sujeitos a negociação, pois são indissociáveis da própria humanidade” afirma. E eu arrepie-me com tamanha verdade. Direitos Humanos não se negociam e ponto. Respeitar o outro é a ação mais importante para que esses direitos sejam compreendidos e praticados. Lembrando que o outro é uma extensão da pessoa que somos. A Humanidade é única! #ficaadica

Pelos motivos acima citados, acredito que qualquer ser humano, consciente de sua condição no mundo, sensibilize-se e sinta na pele as discriminações sofridas por alguém, as quais acarretem sofrimento físico/mental/emocional, pois quando um irmão é violado, toda humanidade também o é. Por isso, vale ressaltar que em seu discurso à ministra-professora cita uma frase de Jung, a qual sintetiza tudo o que esta blogueira suja pensa e deseja comungar com vocês: “ Jung dizia que a morte de cada pessoa o diminuía, pois ele estava englobado na humanidade”. Cita Rosário.

                                                                             
Outra ação importante que prometeu a nova ministra foi de fazer valer os direitos civis/humanos para tod@s, principalmente, para as minorias ( crianças, mulheres, idosos, pessoas com deficiência, gays, lésbicas, transexuais, transgênero, entre outros) e consequentemente a implantação do Plano Nacional de Direitos Humanos (PNDH3). Que ele saia do papel! E eu acredito que o momento atual, o qual vivenciamos, seja o mais propicio para isso acontecer. Direitos humanos são um bem para toda humanidade.

video

Vídeo espetacular sobre Direitos Humanos. Vale muito a pena assiti-lo.

Maria do Rosário também afirmou em seu discurso que enfatizará a instalação da Comissão da Verdade – a qual verifica as violações dos direitos humanos cometidos na ditadura militar – e do combate à tortura. Lembrando que muitas pessoas no mundo/Brasil ainda são submetidas a torturas diariamente, seja psicológica  ou física.

Todo o discurso da ministra-professora converge em um ideal: o de que lutar pelos direitos humanos, de certa forma, é torná-lo compreensível a tod@s e com isso começar a produzir uma cultura dos direitos humanos. A lição que fica com o belíssimo texto de Maria do Rosário é de que o importante é a valorização da pessoa como ser humano/social, respeitando com dignidade suas escolhas, diferenças, crenças, orientação sexual, raça, origem, classe social entre outros. Que haja mais tolerância e sobre respeito para todos nós! E que seja implantado o PNDH3!

2 comentários:

WiLL disse...

Direitos humanos não são politicagem, não são uma questão de negociar aqui pra ter ali: são fundamentais para o desenvolvimento do planeta e, principalmente, para o desenviolvimento do Brasil. Respeitar direitos humanos é dar-se respeito, é mostrar a maturidade para ser um país líder.

Anônimo disse...

Minha blogueira suja e militante mais querida.

Adoro suas colocações. beijos do Jú