sábado, junho 12, 2010

Apenas um post romântico

   Claro que a data me inspira, contudo, não é a data em si, pois sem você não conseguiria expressar metade dos meus sentimentos e sensações. Hoje eu só queria que você me abraçasse mais que pudesse e que fizesse do meu corpo estranho para você uma extensão do teu corpo, quase uma sutil continuação... ( Ah! não usarei a terceira pessoa neste post, pois quero falar diretamente com o amor). Hoje queria que todas as tuas defesas escorressem pelo chão juntamente com teu leite. Talvez isso seja um sinal de amor. Talvez... Abrace-me ( detalhe: odeio a gramática, a mesóclise tira o charme da próclise. Fica tão mais bonitinho dizer -Me abrace...aiaiaia) Hoje queria que tu me abraçasses mais que pudesse, como se abraçado a mim estivesse pendurado no mundo, o qual nós nunca entendemos. 

 Van Gogh - Um retrado do amor...


   Quando era pequena, adorava arrastar minhas mãos nos portões e apertar  as campainhas das casas e sair correndo. Adoro essa liberdade, como se invadisse a todos. Gosto da palavra invasão, gosto de pensar em ti invadindo meu corpo. As grades e as campainhas ficaram para trás e agora tem você. ( reiterando – uso você como segunda pessoa e não terceira. RS). 

   Hoje queria que tu beijasses minha boca com a fome de todos os famintos, inconformados com o tempo e com a vida. Quero que teu beijo tire o meu ar, me sufoque e arranca-me o que tenho de mais humana e frágil. Talvez beijar-te seja matar a saudade do que ainda não foi, recuperar todos os bilhetes que rasguei com vergonha de te entregar. 

   Hoje mais que nunca quero todos os verbos no subjuntivo, quero a dúvida, a possibilidade e o TALVEZ, pois assim fico mais vulnerável a ti, fazendo com que todos os lábios estejam molhados de amor. Quero que o beijo não se conforme com tanta insensatez, loucura e devoção. Quero o beijo do infarto de miocárdio. 

   Agora vou ler buscando todas as respostas que a vida não me entrega, vou tentar encontrar-te na literatura. Quem sabe assim não te puxo para dentro de mim. Queria que assim tivesses consciência de quem poderia entender todas às respostas. 

    Hoje quero uma canção, um chocolate quente e todo teu amor e erotismo. Hoje queria uma explosão e que você descobrisse todos os meus segredos, até o mais indecente. Talvez hoje não importe mais nada, a não ser nós dois e o instante por vir... 

TRILHA SONORA DO DIA - JOANA FRANCESA - CHICO BUARQUE ( colocarei a letra para homenagear o amor)http://www.youtube.com/watch?v=u9ADd2XKKiY&feature=player_embedded

Tu ris, tu mens trop
Tu pleures, tu meurs trop
Tu as le tropique
Dans le sang et sur la peau
Geme de loucura e de torpor
Já é madrugada
Acorda, acorda, acorda, acorda, acorda
Mata-me de rir
Fala-me de amor
Songes et mensonges
Sei de longe e sei de cor
Geme de prazer e de pavor
Já é madrugada
Acorda, acorda, acorda, acorda, acorda
Vem molhar meu colo
Vou te consolar
Vem, mulato mole
Dançar dans mes bras
Vem, moleque me dizer
Onde é que está
Ton soleil, ta braise
Quem me enfeitiçou
O mar, marée, bateau
Tu as le parfum
De la cachaça e de suor
Geme de preguiça e de calor
Já é madrugada
Acorda, acorda, acorda, acorda, acorda

4 comentários:

Anônimo disse...

Que lindo, daninha!
Nossa, estou sem palavras e engolindo seco. Lindo, minha blogueira preferida.
Assim o dia dos namorados não parece comercial. Vc é genial e incrivelmene sensivel.
Linda!
Adoro vc! bjo do Júnior

Stella disse...

Oi, Daniela
Adorei o apenas um post romântico... Mas para nós blogueiras, são através deles que acariciamos ou damos as costas ao que nos interessa ou nos desagrada, né? Assim como tu, também acho 'me abrace' mais bonito e poético do que o politicamente correto 'abraça-me'. Ainda não me inspirei pra ver se hoje sai algo no meu blog... hehehe. Parabéns pela tua inspiração. Ficou lindo. Bj!

WiLL disse...

liberdade, invasão, erotismo...
"Talvez beijar-te seja matar a saudade do que ainda não foi, recuperar todos os bilhetes que rasguei com vergonha de te entregar."
Lembra do poema q publiquei num post, Arrependido? "os beijos que não pedi..."
vc anda bem pornográfica, pedindo pra ser a extensão dele, q ele t invada, q ele tire o q vc tem de mais humana e frágil, quer estar vulnerável, quer puxá-lo para dentro de ti...
Quanta vontade reprimida! Só não é mais reprimida pq vc a coloca pra fora aqui!
Dani, vc está cada dia mais poética. Sigo te adorando ler.
bjokas

WiLL disse...

ah... não gostei do título "Apenas um post romântico".
Pq APENAS? O amor não pode ser um "apenas" na nossa vida!
Vc fala sempre do amor, então não é "apenas", é "mais um" post sobre ele...
Mas eu entendo que esse apenas se deve por ter sido publicado no dia dos namorados.
te adoro
bjs